Papo Tático: Bahia 2 x 1 Vitória

PROBLEMAS FISICOS E TÉCNICOS. ERROS DE ARBITRAGEM. ALGUNS INGREDIENTES DA DERROTA RUBRA NEGRA.

O Vitória atuou na Arena Fonte contra o Bahia pelo jogo de ida das finais do Campeonato Baiano de 2018. O treinador Mancini não pode contar com alguns titulares suspensos e machucados. Escalou Fernando Miguel, Lucas, Ramon, Maia e Botelho; Correia, Soutto, Juninho e Nickson; Neilton e Belusso.

Taticamente postado num 4-4-2 contra um Rival atuando dentro de um 4-2-3-1.

1º tempo:

Apesar de não superar o Rival em termos de porcentagem de posse de bola, o Vitória tentou surpreender o adversário com o que tem de melhor em termos de estratégia no momento, marcando alto e tentando mesmo que sem a organização adequada, pressionar a saída de bola do Bahia
 

Na imagem acima, destacamos o desgaste de Neilton para marcar pressão os dois zagueiros, enquanto o ímpeto de marcação do seu colega de setor de ataque é lento e sem o comprometimento devido. Assim, Belusso compromete o êxito da proposta e sobrecarrega o parceiro de ataque.



Para poder continuar lendo ou assistindo este e todos os conteúdos completos, seja nosso assinante por apenas R$ 5,00 mensais (CLIQUE AQUI). Nosso assinante também participa de sorteios e lista de transmissão no WhatsApp. Para pagamento via boleto nos informe seu e-mail (@colunaecvitoria@gmail.com).  


Planos:

Mensal 5,00: 
Semestral: 28,00:
 
Anual: 55,00:

0 comentários:

Postar um comentário