Papo Tático: Vitória 1 x 2 Flamengo

Vitória e Flamengo se enfrentaram neste domingo (4), em jogo válido pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018. Uma partida dramática onde o rubro-negro baiano brigava contra o rebaixamento, enquanto o carioca disputava uma vaga na Copa Libertadores.

Escalação

Mancini surpreendeu a todos quando o clube divulgou os 11 titulares. Sem poder contar com David, jogador responsável por dar velocidade ao time, o treinador do rubro-negro baiano optou por um time ainda mais lento, formando com: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Ramon e Thallyson; Correio, Welison, Danilinho e Carlos Eduardo; Yago e Kieza.

Sem um lateral esquerdo de ofício a escolha por Thalyson surpreendeu, pois todas as vezes em que entrou, acabou tendo erros graves e interferindo diretamente em resultados negativos. No entanto, acabou não comprometendo. Danilinho e Carlos Eduardo também foram outras surpresas, atuando pelos extremos na segunda linha de um 4-4-2, eles fizeram o que podiam dentro de suas limitações. A última surpresa foi Kieza, quando todos esperavam André Lima. Porém, essa explicação se dá, devido ao time no papel já possuir diversos jogadores lentos, sendo que Kieza poderia tentar dar um certo equilíbrio.


Na imagem acima o Vitória postado no 4-4-2, com Carlos Eduardo e Danilinho pelos extremos, Yago e Kieza mais a frente.

Vejo contradição de Mancini em relação à escalação com proposta de jogo. Isso pois, o Vitória iniciava a marcação a partir do meio campo. Apesar de manter sua primeira linha mais alta, encurtando o campo de jogo do Flamengo, a proposta de jogo era reativa, deixando o Flamengo...

Para poder continuar lendo este e todos os conteúdos completos, seja nosso assinante por apenas R$ 5,00 mensais (CLIQUE AQUI). Nosso assinante também participa de sorteios e lista de transmissão no WhatsApp. Para pagamento via boleto nos informe seu e-mail (@colunaecvitoria@gmail.com).  

Planos:

Mensal 5,00: 
Semestral: 28,00:
 
Anual: 55,00:   

0 comentários:

Postar um comentário