[COMPLETO] OLHO ABERTO: É preciso reformular o elenco do Vitória


Após o encerramento de mais uma temporada inicia-se o período de especulações sobre contratações, dispensas e renovações no futebol brasileiro. No Vitória em especial, teremos também um pleito “tampão” que vai decidir quem será o presidente e vice do conselho diretor do clube por mais dois anos.

Mais uma vez acreditamos que de forma tardia e sem planejamento, o Esporte Clube Vitória deixou ou deixará para começar a analisar o mercado da bola e principalmente o seu elenco ao final das eleições.

Sem presidente e, consequentemente, sem planos de campo e bola  (e porque não de logística, haja vista que o calendário de ano de copa do mundo é sempre mais enxuto e difícil). O Vitória partirá para adentrar em mais uma temporada sem um modelo profissional e integrado de trabalho.

Onde os clubes mais evoluídos entram com time titular quase definido, novos atletas já contatados e/ou pré-contratos, plano de jogo e modelo definidos, rotinas de trabalho e metodologia de treinos já enraizadas no profissional e na base, Scouts de analises de desempenho com relatórios prontos para serem entregues ao futebol de seus clubes.

Como de costume, o Vitória não se posicionou ainda sobre negócios no futebol e talvez por conta de estar com presidente interino foi melhor não resolver a situação dos atuais atletas agora.

Com base nessa situação, nós do Coluna vamos esboçar o que entendemos de ideal nesse momento, no que diz respeito a preparar num mínimo possível o plantel do clube para 2018.

JOGADORES QUE TEM CONTRATO COM VITÓRIA PARA 2018

• Fernando Miguel • Caique • Bruno Bispo • Ramon • Juninho • Thalysson • Willian Fárias • Cleiton Xavier • Felipe Soutto • Welison • Yago • Kieza • Neílton • Junior • Trellez • David

QUEM O COLUNA RENOVARIA CONTRATO?

Dos atletas que atuaram no leão em 2017 e que tem contrato até dezembro, entendemos que o custo benefício de todos eles, não foi dos melhores.

Quando do vazamento da folha de pagamento dos atletas, vimos salários astronômicos para pouco rendimento no campo, lutando para apenas se manter na divisão. Alguns exemplos são atletas como Patric, Fred, Alan Costa, Carlos Eduardo, Wallace, Cleiton Xavier, Kieza...

Eu costumo dizer que disputar Serie A apenas para brigar na Competição 4 (grupo dos que lutam para não cair para a Serie B, e que as vezes acabam se safando ou não, para atuar nesse nível), o clube não deveria ter custos absurdos com sua folha de pagamento.

É aí que entra o custo benefício. Para render o que esses atletas emprestados renderam, não se deveria gastar tanto com luvas e salários, jogadores mais humildes ou das categorias de base, não teriam feito um campeonato tão abaixo.

Por isso, esse colunista não renovaria com nenhum atleta que está no clube por empréstimo. 

DEFININDO O ELENCO DE 2018

Goleiros

• Fernando Miguel – Negociar por empréstimo ou venda
• Caíque – Efetivar titular ou negociar deixando boa parte no clube
• Lucas – Subir goleiro da base

Laterais 

• Juninho – Compor elenco (possui contrato até 31/12/2018)
• Caíque Sá – Não realizaria a compra do atleta, pois o valor (pouco mais de R$ 2 milhões) é demasiado alto para o que produziu, além de que, o mesmo precisa ser lapidado em muitos fundamentos. Entendemos que a Base pode revelar jogadores de mesmo potencial, além de observar que o Vitória precisa de laterais prontos para disputar uma Série A.

Zagueiros

• Wallace – Não seria prioridade, mas permaneceria até o fim do contrato (Junho de 2018)
• Bruno Bispo – Permanece no elenco
• Ramon – Negociar por empréstimo ou venda
• Léo Xavier – Base, subir o garoto para o elenco principal

Volantes 

• Welison (Possui contrato)
• Fárias (Possui contrato)
• Soutto Não seria prioridade, mas permaneceria até o fim do contrato

Meias 

• Yago (Possui contrato)
• Luan – Base, subir o garoto para o elenco principal
• Gabriel – Testar no campeonato baiano
• Jhemerson (Possui Contrato)
• Cleiton Xavier – Negociar

Atacantes 

• David – Não negociar agora. Valorizar
• Trellez – Propor renovação até 10/12/2019
• Junior Todinho – Testar no baiano
• Rafaelson – Emprestar, ganhar experiência.
• Eron – Emprestar
• Flávio – Base, subir o garoto para o elenco principal
• Neilton – Nova chance no primeiro semestre
• Kieza - Negociar

*Notem a enxugada que fizemos no elenco.

CONTRATAÇÕES 

Goleiros 

• Douglas - do Corinthians que atuou no Avaí
• Vladimir – do Santos (plano b)

Laterais

• Barcellos – do Galo que atuou na Ponte
• Léo – Fluminense (plano b)
• Pará – Flamengo
• Eder – Brasil de Pelotas

Zagueiros 

• Fagner Alemão – Avaí
• Marllon – Ponte Preta
• Anderson – Confiança
• Jorge Felipe – CSA (plano b)

Volantes 

• Thiago Santos – Palmeiras
• Galdezani – Coritiba

Meias 

• Renatinho – Paraná Clube
• Alan Mineiro – do Corinthians e atuou no Vila Nova
• Macnelly Torres – Atletico Nacional
• Fernando – Atlético GO

Atacantes 

• Guilherme – do Grêmio, joga pelo Botafogo. Caso David seja vendido
• Kaike – Santos
• Lucca – do Corinthians, atuou pela Ponte.

TIME BASE 


CONSIDERAÇÕES FINAIS

Nosso pensamento é um sistema de jogo de 4-3-3 com falso 9. Com modelo de jogo de controle de bola, proposição de jogo no momento de construção, jogo reativo com transição rápida e curta quando em momento defensivo com linhas de 4-5-1 bem definidas. No modelo a marcação é por zona em bloco médio atuando fora de casa e marcação pressão sobre a bola com bloco alto atuando dentro de casa.

O torcedor pode até achar alta a quantidade de contratações, mas o fato é que o elenco precisa de uma nova reformulação. Principalmente na primeira linha, a de defesa. São dois anos como uma das mais vazadas do país. E como analistas, é claro que tratamos o sistema defensivo como um todo, desde o modelo de jogo até característica x funções. Mas individualmente falando, precisamos de atletas com melhores momentos, mais dinâmicos e competitivos que os atuais. Deixamos também “aspas” sobre saídas e entradas por conta do dinamismo do mercado da bola e do futebol. Vale salientar também que as contrações ou os reforços poderão ser escalonados dentro de um projeto de integração da base no modelo de jogo.

É isso aí galera!

Por Adson Piedade / @AdsonPiedade

0 comentários:

Postar um comentário