PAPO TÁTICO: Vitória 1 x 3 Grêmio

Vitória e Grêmio se enfrentaram na noite da última quarta-feira no Barradão, em jogo válido pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017.
A equipe rubro-negra foi mais uma vez derrotada, e nosso Papo Tático vai continuar mostrando quais os problemas do Vitória dentro de campo.


O técnico Alexandre Gallo tem mostrado estar cada vez mais perdido em suas ideias. Acostumado a montar times que possuem como característica a força e a velocidade, Gallo tem fugido disto e armado o time com peças cada vez mais lentas. O Vitória foi escalado com: Fernando Miguel; Caíque Sá, Alan Costa, Kanu e Geferson; Renê Santos, Correia, Carlos Eduardo, Cleiton Xavier; Trelléz e André Lima.


Na imagem acima o Vitória no 4-4-2. Notem o posicionamento de Geferson, colado no extremo adversário, abrindo espaço na primeira linha. Com Gallo a referência da marcação é o adversário...

O treinador do Vitória preparou uma proposta reativa para encarar o Grêmio. Marcando em bloco médio baixo, o Vitória esperava a equipe gaúcha, para depois que recuperar a bola buscar o contragolpe, pois os times que tentam propor o jogo diante do Grêmio costumam não se dar muito bem, já que eles praticam com perfeição a proposta reativa. Mas Gallo acabou se perdendo na sua estratégia, pois, como armar um time para o contra ataque se você não tem velocidade para tal? 


A imagem acima mostra o problema do Vitória na transição ofensiva. Ao roubar a bola, o time não tinha velocidade para contra atacar. Caíque Sá tem a bola, porém....


Para poder continuar lendo este e todos os conteúdos completos, seja nosso assinante por apenas R$ 5,00 mensais (CLIQUE AQUI). Nosso assinante também participa de sorteios e lista de transmissão no WhatsApp. Para pagamento via boleto nos informe seu e-mail (@colunaecvitoria@gmail.com).  

Planos:

Mensal 5,00: Semestral: 28,00:  
Anual: 55,00:  

0 comentários:

Postar um comentário