PAPO TÁTICO: Palmeiras 4 x 2 Vitória

O Vitória foi até São Paulo encarar o Palmeiras, em jogo válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017.
A equipe rubro-negra precisava se recuperar após a goleada sofrida dentro de casa para o Vasco por 4 x 1, porém acabou saindo de campo com mais um revés, novamente sofrendo quatro gols (4 x 2).

Estratégia de jogo

Dificilmente algum time irá enfrentar o Palmeiras em sua Arena propondo o jogo, já que o time da casa possui essa característica como ponto principal do seu jogo (apesar de passar por um momento complicado neste aspecto). Sabendo disso, Alexandre Gallo optou por uma proposta reativa.

O Vitória foi escalado com Fernando Miguel; Patric, Alan Costa, Wallace e Geferson; Renê Santos, Correia, Yago e Cleiton Xavier; Neilton e André Lima.


Em campo o Vitória esteve postado num 4-4-2, marcando em bloco médio baixo, tentando fechar os espaços e contra golpear o Palmeiras.
No entanto, alguns questionamentos são perfeitamente cabíveis dentro deste cenário. Primeiro que Gallo buscou a proposta de jogo reativa - tudo bem, não existe o menor problema quanto a isso -, porém, tendo pelos lados de campo Yago e Cleiton Xavier que são jogadores mais técnicos do que de velocidade, como explorar o contra ataque com força e velocidade? Segundo, como esperar um bom desempenho de André Lima num plano de jogo deste, já que a velocidade não é seu forte. Existe muito campo para o atacante percorrer tendo que realizar a marcação a partir do meio campo e com seu time tentando ter uma transição ofensiva rápida. 

Mesmo atrás do placar, Gallo retornou....

Para poder continuar lendo este e todos os conteúdos completos, seja nosso assinante por apenas R$ 5,00 mensais (CLIQUE AQUI). Nosso assinante também participa de sorteios e lista de transmissão no WhatsApp. Para pagamento via boleto nos informe seu e-mail (@colunaecvitoria@gmail.com).  

Planos:

Mensal 5,00: Semestral: 28,00:  
Anual: 55,00:  

0 comentários:

Postar um comentário