PAPO TÁTICO: Atlético-GO 1 x 2 Vitória

Depois do empate sem gols com o arquirrival Bahia, o Vitória voltou à campo, desta vez, diante do Atlético-GO, no estádio Olímpico.   
   
O técnico Aléxandre Gallo seguiu a mesma linha da última partida, armando o time com: Fernando Miguel; Patric, Kanu, Ramon e Thallysson; Farias, Yago, Cleiton Xavier, Carlos Eduardo e David; André Lima. Alterações no time titular forçadas (Geferson e Kieza).


A equipe rubro-negra baiana variava entre o 4-1-4-1 e o 4-2-3-1. A disposição tática semelhante em relação à partida com o Bahia, assim como a proposta de jogo, até o primeiro tempo, onde o time marcava um pouco à frente, tentando evitar que o adversário iniciasse as jogadas pelo chão. Com a posse de bola, o time buscava preencher bem o campo ofensivo, em busca de aproximação, tabelas e ultrapassagens, principalmente com o avanço dos laterais Patric e Thallysson. 


Na imagem acima, a ideia de compactação ofensiva se mantinha, mesmo atuando fora de casa, o Vitória colocava 8 jogadores no campo ofensivo, apenas....

Para poder continuar lendo este e todos os conteúdos completos, seja nosso assinante por apenas R$ 5,00 mensais (CLIQUE AQUI). Nosso assinante também participa de sorteios e lista de transmissão no WhatsApp. Para pagamento via boleto nos informe seu e-mail (@colunaecvitoria@gmail.com).  

Planos:

Mensal 5,00: Semestral: 28,00: Anual: 55,00:

0 comentários:

Postar um comentário