Saída de Sinval Vieira abre os caminhos para profissionalização do Futebol


Sinval Vieira, nome forte na atual gestão do Vitória, em apenas cinco meses perdeu o prestígio que tinha diante da torcida e boa parte do seu grupo. Com serviços prestados no clube, principalmente na divisão de base, Sinval montou o elenco que conseguiu o acesso da série C para a B em 2006.

Porém, quando o nome de Sinval foi colocado como o homem do futebol da atual gestão, fiz duras críticas, pois, os anos se passaram e o mesmo não buscou estudar o futebol, entender suas mudanças. Isso ficava bem evidente para quem era ouvinte de um programa de rádio, no qual ele era comentarista, onde disse frases como: "Esse negócio de tática é bobagem, dê um bom elenco que qualquer treinador resolve", ou então, "Já vi treinadores dando bons treinos e perder, outros só enrolar e vencer"... Mostrando que dava a mínima para os conceitos de jogo, modelo, e o que acontece dentro das quatro linhas. Como uma pessoa que descarta tal conhecimento, poderia ser responsável pela montagem de um elenco? 

Como ex-membro da COMFUT(Comissão de Futebol), uma das comissões criadas pela atual gestão, tive a oportunidade de participar de uma reunião que contava com as presenças de Sinval Vieira, Jorginho Sampaio e Gerson Boca. Lá, pude comprovar o quão limitada era a visão desse pessoal em relação ao futebol profissional. Sinval analisa jogadores apenas individualmente, mas não sabe como ajustar eles dentro de um sistema de jogo, modelo, seja ele do treinador ou do clube.

Para poder continuar lendo este e todos os conteúdos completos, seja nosso assinante por apenas R$ 5,00 mensais (CLIQUE AQUI). Nosso assinante também participa de sorteios e lista de transmissão no WhatsApp.

Sorteio Atual para assinantes até o dia 02 de junho: Concorra a uma luminária personalizada:



*Pagamento pode ser feito por cartão de crédito, débito ou boleto bancário. Para as duas últimas opções, favor encaminhar e-mail solicitando link de pagamento para o e-mail colunaecvitoria@gmail.com

0 comentários:

Postar um comentário