Perdidos! Vitória Re anuncia Petkovic, agora como treinador



Sempre fui um crítico ferrenho da atual gestão, não por conta das pessoas que estão lá, pois não conheço ninguém, mas sim, pela falta de ideias e planejamento profissional para o futebol do Vitória, que não foram apresentados durante as eleições, muito menos após elas.

Eis que há pouco mais de uma semana, elogiei a atitude da diretoria em ter contratado o ex-jogador Petkovic como gerente de futebol, não pelo nome do ex-atleta, mas sim pelo projeto que ele iria/irá vir a executar no clube (leia aqui).

Pois bem, depois de vários nomes serem especulados para assumir o comando técnico da equipe após a demissão de Argel Fucks, a diretoria rubro-negra anuncia Petkovic, o mesmo que veio para ser gerente, como técnico. Isso mesmo, torcedor.

Existe um ponto que gera bastante preocupação:

 Acumular as funções de gerente e técnico em um projeto que ainda nem saiu do papel, onde precisa-se fazer um estudo amplo e definir metodologia de jogo, pensar na montagem do elenco para os próximos anos, sem esquecer o que está acontecendo no momento, é o trabalho para uma pessoa fazer enquanto está sendo técnico de uma equipe de futebol?

O clube diz que na Europa isso é normal. Sim, mas lá o projeto já existe, é uma cultura do continente. Totalmente diferente da nossa realidade.

 Petkovic está preparado para ser o técnico do Vitória?

Quando comandou o Criciúma Pet mostrou que pretendia trabalhar alguns conceitos de acordo com o que vem se fazendo hoje no futebol moderno. Time compactado, linhas montadas, perseguições por setor curtas, time com a ideia de ser reativo, mas que tentava jogar também com a bola nos pés. São pontos positivos, que dou mais importância até do que números. Porém, Wesley Carvalho está à frente tanto nas questões de conceito de jogo, como em estar vivendo o campo e bola do clube há algum tempo.

Vejo Pet com um potencial para ser treinador, porém, devido todas as circunstâncias evidenciadas, seria o melhor momento?

A atitude da diretoria em trazer o rapaz como gerente, agora treinador, acumulando as funções, deixa evidente o quanto estão perdidas as pessoas que comandam o Vitória. É uma pena, justamente quando tinha passado a ter um fio de esperança em dias melhores.

Por Cassio Santos/@CassioNSantos
Foto: Divulgação E.C. Vitóiria


0 comentários:

Postar um comentário