ANALISANDO O CONTRATADO: Thallyson

Foto GOAL: Lateral Thallyson a esquerda ao lado do atacante Todinho.
 Thallyson Augusto Tavares Dias, pro futebol Thallyson. É Alagoano da Cidade de Campo Alegre. Atua como Lateral Esquerdo, tem 25 anos, mede 1,75, e é Canhoto. Atleta revelado nas categorias de base do CSA de Alagoas. O atleta nasceu com uma deficiência na mão esquerda, mais isso não o impediu de realizar o sonho de ser jogador de futebol, como também de cobrar arremessos lateral. Chegou ao ASA de Arapiraca em 2011 se profissionalizando em 2012 e atuando até 2014 no clube. Final de 2014 chamou a atenção de Luxemburgo que o levou para o Flamengo. Sem espaço no Gigante carioca, rodou clubes como Fortaleza e Ceará nas Series C e B do Campeonato Brasileiro. Já disputou também dois campeonatos paulistas Serie A1, até que esse ano chamou a atenção do Vitória pelo Red Bull Brasil. Suas principais características são a velocidade, dribles no 1 x 1 e cruzamento. Costuma ir bem na hora de inverter bolas de um lado pra outro. 

Rende bem atuando na função de ala ofensivo e muito interessante em Sistemas de 3-4-3 e 3-5-2. Tem boa potência de chute e boa vitalidade pra suportar 90 minutos. Suas deficiências são a noção de espaço no campo, composição da primeira linha e percepção do jogo tático. 

Vamos evidenciar com capturas as faixas de campo mais exploradas por Thalysson no seu ultimo clube, Red Bull Brasil.

POSICIONAMENTO


Thallyson que, com certeza, no seu inicio no futebol, ainda como amador, deveria ser chamado de mãozinha, tem no seu rendimento de carreira até aqui, pouco para ser apresentado como reforço de clube de Série A, até porque o atleta ainda não jogou essa competição. É um jogador jovem, que tem personalidade e deverá apresentar isso em Salvador se quiser superar as adversidades que tem essa competição, principalmente para iniciantes e a cobrança do torcedor.

MOMENTO OFENSIVO

Seja atacando ou na fase de construção, que também engloba o momento ofensivo, Thallyson costuma levar vantagem do seu marcador com velocidade, dribles e pelo seu biotipo de corpo fino e liso. Característica importante para as ultrapassagens.

Utilizando os dribles, trabalha muito bem a diagonal quando precisa pra se desvencilhar do marcador, mas sem a bola não costuma efetuar esse deslocamento, lhe faltando um pouco de jogo posicional.

MOMENTO DEFENSIVO

Se percebe ao defender, que o atleta tem dificuldades em acompanhar o posicionamento da primeira linha e ao mesmo tempo fechar espaços da bola e oponente. O jogo tático ainda não é seu forte e induz pouco o adversário a erros. 

Já nos embates de 1x1, sabe fazer desarmes limpos e não costuma ser batido na velocidade. Suporta jogar 90m em bom nível, pelo menos contra oponentes de médio nível


Agora, vamos pontuar questões individuais como: física, emocional, técnica, tática e características especificas.

Vamos ao que interessa. Pontuação de 1 a 10:

POSIÇÃO: LATERAL/ALA   CARACTERÍSTICAS: Velocidade, Drible, Cruzamento

FÍSICO: Nota 8
Atleta se encontra em plena forma física.

EMOCIONAL: Nota 7
Atleta jovem e debutante na Séria A do brasileiro. Será testado seu emocional e nível de concentração agora.

TÉCNICA: Nota 7
Atleta não é um primor tecnicamente, mas aproveita bem alguns bons fundamentos.

TÁTICA: Nota 6.5
Atleta precisa de um ganho tático.

FINALIZAÇÃO: Nota 7
Tem chute potente a média distância, mas pouca precisão.

VELOCIDADE: Nota 9
É lateral velocista. Pelo menos mostrou isso por onde passou, mesmo em competições de menor nível técnico.

MÉDIA: 7.40

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Thallyson não tem experiência em jogar na elite e nem nome badalado no nosso futebol. Mas tem uma característica que agrada o torcedor de arquibancada do Vitória, é lateral velocista e gosta de chegar no fundo do campo pelo menos 4 vezes no jogo. É um perfil que se as coisas brilharem pra ele aqui, pode cair nas graças do clube. Lateral de boa estatura, de biotipo magro, porém muito forte no corpo a corpo. O Vitória tem uma deficiência de anos desse lado do campo, e talvez Thallyson não seja o perfil que o torcedor esperava para corrigir esse problema de uma vez por todas. Mas nos do Coluna acreditamos muito em modelo de jogo e esperamos que o novo treinador implante um melhor para esse elenco, e possa colher bem as virtudes desse jogador. Não é o tipo de lateral que esse Colunista gostaria de ver no clube e não o teria contratado, pois aposta já temos pra função. No entanto, nossos laterais nem 90m correndo suportam, então é aguardar ver o que Thallyson pode fazer. Tomara que não sinta o clube. Já seria um bom inicio. 

Por Adson Piedade / @AdsonPiedade
Foto: Edição nossa / Twitter do Atleta.

Fiquem ai com o vídeo do atleta. 


0 comentários:

Postar um comentário