ANALISANDO O CONTRATADO: Fred

Frederico Burgel Xavier, o Fred, é gaúcho, nasceu na cidade de Novo Hamburgo no Rio Grande do Sul. Atua como Zagueiro, tem 30 anos, mede 1,88, e é Destro. Atleta revelado nas categorias de base do Internacional de Porto Alegre. Sem registro de nenhuma partida pelos profissionais do clube Internacional, partiu para o futebol belga, atuando no Standard de Liège na temporada de 2006 a 2008 em 10 partidas, marcando 3 gols. De 2008 a 2009 atuou na equipe FCV Dender também da Bélgica em 23 jogos e marcou 2 gols. De volta ao Brasil em 2010 atuou em vários clubes pequenos e médios do nosso futebol. Se destacou novamente pelo Goiás em 2015 mesmo o clube sendo rebaixado à segunda divisão. E por conta dessa temporada, o Grêmio adquiriu seus direitos federativos e econômicos pra substituir Erazo que havia saído para o Galo e assim fechar a dupla de zaga com Geromel. Suas principais características são, cobrança de faltas, posicionamento, técnica. É um zagueiro que tem facilidade de atuar tanto pela direita como pela esquerda da mesmo forma, sem perder o rendimento. Tem  boa tomada de decisão na hora dos desarmes e quando com a bola dominada. Guarda bem a primeira linha e tem boa impulsão. Seu ponto alto realmente é a capacidade de decidir jogos em faltas frontais.

Vamos evidenciar com capturas as faixas de campo mais exploradas por Fred no Grêmio.

POSICIONAMENTO



Fred é um zagueiro muito rodado, já viveu diversos tipos de situações na carreira. Tem um biótipo físico que costumo chamar de interessante pra função, alto e magro. No entanto, não é um zagueiro rápido, mas também não podemos dizer que é lento. O fato de não ter ido bem no Grêmio foi mais por questões psicológicas que de campo, uma experiencia de cobrança que até aquele momento na carreira não teve e sentiu a camisa gremista. 

Na fase defensiva marca bem por zona, mas não faz tão bem o balanço defensivo. Por outro lado sabe o momento certo de quebrar a linha pra tentar antecipar que é quando o atacante ainda vai receber de costas.

Na fase de construção sabe trabalhar a bola, entende o momento certo da tomada de decisão, bate bem na bola e consegue acertar passes curtos e longos. Mas não lê o jogo dando opção de retorno para circular a bola mais rapidamente

A fase ofensiva se destaca pela impulsão pra ganhar por cima e por decidir jogos na base da bola parada frontal. Bate muito bem faltas.

Agora, vamos pontuar questões individuais como: física, emocional, técnica, tática e características especificas.

Vamos ao que interessa. Pontuação de 1 a 10:

POSIÇÃO: Zagueiro   CARACTERÍSTICAS: Desarme, Passe, Posicionamento.

FÍSICO: Nota 8
Atleta aparenta biotipo físico perfeito pra função. Mas precisa trabalhar mais a explosão física.

EMOCIONAL: Nota 7
Bom nível de concentração. Mas sentiu muito a camisa do Grêmio, precisa provar novamente que pode.

TÉCNICA: Nota 8
Para zagueiro tem técnica acima da média. 

TÁTICA: Nota 8
Bem rodado e sabe cumprir as funções de zagueiro sem problemas.

FINALIZAÇÃO: Nota 9
Excelente bola parada e chutes certeiros também com bola rolando.

VELOCIDADE: Nota 6
Atleta precisa trabalhar a explosão física e assim melhorar a força e velocidade.

TEMPO DE BOLA: 8
Usa bem o tempo de bola no alto e no chão.

ANTECIPAÇÃO: 8
Sabe o time correto de antecipar e quando antecipar.  


MÉDIA: 7.75

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Para analisar Fred no Grêmio tive que ter muita cautela para filtrar até o que se passava no emocional do atleta. Pois Fred demonstra entender os principais fundamentos que um zagueiro precisa dominar para ir bem, como: Tempo de Bola, Antecipação, Desarme e Posicionamento. No Grêmio Fred se precipitou em todas essas questões citadas, quebrava a linha por prever ações erradas, saia pra antecipar sem a devida explosão, e algumas vezes pecava demais no tempo de bola. Isso levou ao atleta de provável protagonista no time para reserva até do time B as vezes. Ainda o vejo como bom no 1x1 pela cautela que tem pro desarme. Sem criar confusão na cabeça do torcedor, teremos que aguardar os jogos de Alto Nivel pois campeonato baiano não testa o atleta, para ver qual Fred desembarcou no Vitória, o tranquilo Fred do Goiás que fazia as ações corretamente e na hora certa, ou o Fred precipitado e as vezes lerdo do Grêmio sem a agressividade que defensor precisa ter. O atleta precisa ser lembrado também por zagueirar e não só por fazer gols. Não pretendemos aqui nessa análise esgotar toda pesquisa sobre as características a cerca do atleta e sim mostrar com um pouco de visão de quem está fora do Vitória que a torcida vai esperar e gostar que ele decida nas faltas, mas a cobrança aqui também é grande, e ele precisa mostrar um futebol como zagueiro superior aos atletas da posição que temos no elenco. É um nome de zagueiro que me agrada, mas esse colunista estando na Presidência do clube não teria contratado, não estava na minha lista. Mas que seja feliz no leão.


Por Adson Piedade / @AdsonPiedade
Foto: Edição nossa

Fiquem ai com um vídeo completo do atleta e notem.

0 comentários:

Postar um comentário