OLHO ABERTO: Lesões de Fernando Miguel evidenciam necessidade de contratação

Desde a reta final da série B 2015 as lesões na vida do goleiro Fernando Miguel se tornaram recorrentes. Ainda no torneio de acesso à elite do futebol brasileiro, enquanto Fernando se recuperava de um problema muscular, Gatito assumiu a titularidade e, mesmo sob desconfiança, deu conta do recado, sendo um dos principais responsáveis pela conquista.

Em 2016, a diretoria, mais precisamente Anderson Barros, bancou a utilização dos goleiros da base no grupo principal, não renovando o contrato de Gatito Fernandez.

Após mais uma lesão de Fernando Miguel, desta feita as vésperas do primeiro Ba-Vi da temporada, o jovem Caíque, de apenas 18 anos, deu conta do recado, mostrando todo seu potencial. Eis que a necessidade latente para contratação de mais um arqueiro se amenizou, o clube ganharia tempo para repensar esta "carência".

No entanto, o que ninguém esperava voltou a acontecer. Novamente as vésperas do clássico, Fernando Miguel sente uma lesão na panturrilha, que o deixara de molho mais uma vez.

O Vitória não pode mais esperar por Fernando Miguel. Qualquer jogador precisa de sequência para poder exercer sua função da melhor maneira, ainda mais o goleiro. O campeonato Brasileiro está na porta (pouco mais de dez dias) e, neste momento, o Vitória só conta com um goleiro de confiança.

Para agravar a situação, Caíque vem sendo convocado para a Seleção Brasileira Sub-20, e corre o risco de não poder atuar na final do campeonato Baiano, próximo domingo (8).

Por Cassio Santos/@CassioNSantos
Foto: EC Vitória  

0 comentários:

Postar um comentário