PAPO TÁTICO: Vitória volta a jogar mal, mas triunfo vem na raça

Sem poder contar com Escudero para o duelo contra a equipe do Macaé, o técnico Vagner Mancini optou por Flávio, ao invés de David, que vinha tendo a preferência do comandante. Como Flávio não possui características para atuar como extremo, Mancini colocou Vander e Rhayner pelos flancos, no 4-1-4-1 rubro-negro. Vale ressaltar que em vários momentos Pedro Ken revesava com Rhayner. Já no ataque, Rafaelson ganhou a vaga de Élton, que ficou como opção no banco de reservas.

Com bola rolando, o Leão abriu o placar logo aos 9 minutos, após Rafaelson escorar para Vander, que acertou um belo chute. Até que o Leão tentou ter o controle da partida, trocando passes e tentando envolver o adversário, como sempre cobro. A entrada de Flávio contribuiu para isso.

Mas como de costume, o Vitória não consegue administrar resultado. O Macaé tentou o empate e criou várias oportunidades, aproveitando a bagunça de todo o sistema defensivo rubro-negro, que não sabe mais o significado de compactação e organização.

Nem a expulsão do goleiro Rafael Silva, aos 21 minutos da segunda etapa, foi capaz de fazer o Leão ter o controle do jogo. No entanto, forneceu mais espaço, já que o Macaé estava em cima e muito próximo do empate.

O jogo ficou ainda mais franco e com oportunidade para ambos os lados, o que não se pode acontecer com um jogador a mais e, teoricamente, qualidade superior.

Bom que o Vitória foi mais competente, e aos 45 minutos, Rhayner aproveitou passe de Élton, driblou o goleiro adversário e aliviou o coração de todos os rubro-negros aflitos em todos os cantos do Brasil.

Conclusão

Com 60 pontos conquistados o Vitória já coloca 1 pé na serie A 2016. A equipe caiu de produção, isso é evidente, o que pode retardar um pouco o acesso. Mesmo sem tanta organização, gostei de ver o time tentando ter a posse de bola. Outro ponto positivo foi voltar a ver a vontade dos atletas em campo. Se conseguir aliar vontade e organização, as coisas tendem a ficar menos complicadas.

Por Cassio Santos/@CassioNSantos
Foto: E.C. Vitória

0 comentários:

Postar um comentário