FATO CURIOSO: Vitória sofreu 76,92% dos gols durante o segundo tempo


No último texto da nossa coluna destaquei a importância da análise de desempenho no futebol, e como o Vitória reforçou este setor dentro do clube (espero que saibam utiliza-lo).

Pesquisando alguns dados do Vitória dentro do Campeonato Brasileiro da série B, encontrei um aspecto importante, que deve ser destacado pelo analista de desempenho do clube para a comissão técnica. 

O Vitória levou 26 gols na competição, destes, 20 (76,92%), foram sofridos durante a segunda etapa. Se observamos os gols sofridos durante os 15 últimos minutos das partidas, sete gols, o rubro-negro deixou de conquistar três pontos no total, nas derrotas para Paysandu (1 x 0), Bragantino (2 x 1) e Botafogo (2 x 1). Seriam três empates, obtendo três pontos preciosos na briga pelo acesso. 

Observado esta informação pelo setor de análise de desempenho, é necessário, junto à comissão técnica, estudar as causas, possíveis falhas e o que deve ser feito para corrigir.

A princípio, esses gols elevados na segunda etapa podem ter sido consequência da falta de concentração, estratégia de jogo errada, desgaste físico, por exemplo.

Cabe ao técnico Vagner Mancini trabalhar alinhado com sua comissão, identificar os possível equívocos e trabalhar para corrigir este aspecto negativo.


Por Cassio Santos/@CassioNSantos
Foto: E.C. Vitória

0 comentários:

Postar um comentário