Antes do clássico, números mostram equilíbrio entre Vitória e Bahia na série B 2015


Salvador já vive o clima do clássico BaVi. As duas torcidas comparecendo nos pontos de vendas e comprando os ingressos para a partida, é o assunto mais tocado nestes dias que antecedem o grande duelo.

Como aconteceu no primeiro turno, vamos analisar a situação das equipes dentro da série B. Neste primeiro texto, veremos um pouco dos números.

As estatísticas mostram um duelo bastante equilibrado. Acredito que pelo fato dos dois elencos serem limitados tecnicamente e oscilarem bastante dentro competição. Tanto que, nenhuma conseguiu se distanciar muito da outra na tabela de classificação.

Após 28 rodadas disputadas, o Vitória se encontra na 2ª colocação, com 49 pontos  (58,3% de aproveitamento), enquanto o Bahia iniciou a rodada em 4º lugar com 47 pontos (56% de aproveitamento). A grande diferença entre as duas equipes é o número de vitórias, primeiro critério de desempate. O Leão possui 14 contra 12 do rival.

Em dados mais específicos de bola rolando, o Vitória possui o melhor ataque com 43 gols (média de 1,54 por jogo), contra 41 (média de 1,46 por jogo) do Bahia, melhor defesa, 27 gols sofridos contra 29. 

Já o rival troca um número maior de passes certos ( Bahia: 7.729 / Vitória: 6.736), e possui uma finalização certa a mais, 135 x 134.

Não vejo muita disparidade entre os dois elencos, porém, o Vitória vive um momento melhor, já que vem de triunfo contra um concorrente direto, além de ter tido poucas mudanças no seu time titular nos últimos 2 jogos. Diferente do Bahia, que passa por um momento conturbado, onde seu treinador é colocado em dúvida, além de muitas mudanças, principalmente no setor defensivo.

Futebol também é psicológico e quem conseguir entrar em campo mais concentrado poderá ter um resultado positivo. Qual das equipes saberá utilizar melhor o momento que vive, o "tranquilo" Vitória ou um pressionado Bahia?


Por Cassio Santos/@CassioNSantos
Foto: Eduardo Martins/ A Tarde
Dados: Footstats


0 comentários:

Postar um comentário