Expectativa para reestreia de Mancini no comando do Vitória


O técnico Vagner Mancini fará logo mais, às 16h30, sua reestreia no comando do Vitória, A equipe rubro-negra enfrentará o Mogi Mirim, no Estádio Romildo Ferreira.

Coerente, Mancini fará apenas duas mudanças no time que vem de dois triunfos consecutivos dentro de casa. Fernando Miguel e Amaral terão que cumprir suspensão automática, com isso, Wilson e Marcelo foram os escolhidos para o desafio.

Como "em time que está ganhando não se mexe", ao meu ver, o novo comandante acertou nas mudanças, claro que, ouvindo as sugestões de Wesley Carvalho, o que é correto.

Marcelo - Importante ter o retorno deste atleta à equipe. Marcelo tem características de um volante moderno, tanto em sua estrutura física, como em seu estilo de jogo. É bem verdade que o mesmo não conseguiu ainda repetir o belo futebol de 2013, mas é necessário dar a ele sequência de jogo, confiança, para que reencontre seu melhor futebol.

Mancini irá manter também o padrão de jogo. Sem a bola o esquema definido é o 4-1-4-1, desta feita, com Marcelo entre as duas linhas de quatro. Esse jogador terá fundamental importância no esquema tático, já que tem, entre outras coisas, a função de levar a bola até os meias.

Atacando, o rubro-negro deverá formar um 4-3-3, onde Escudero se posiciona na esquerda, Rogério à direita, com Élton centralizado. Pedro Ken e Flávio apoiando pelo meio, enquanto Marcelo ficando na contenção. Em alguns momentos, pode existir uma variação para um 4-1-3-2, o que não é muito comum, mas vinha acontecendo na prática.

Mesmo jogando fora de casa, esperamos ver um Vitória sem medo de jogar, que utilize da marcação alta, sem dar espaço ao adversário, principalmente, por Vagner Mancini ter trabalhado este estilo de jogo durante os treinamentos da semana.

Por Cassio Santos/@CassioNSantos
Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário